Marina Abib Candusso é dançarina e fundadora da Companhia Soma, de São Paulo. Formada em Ciências Sociais desenvolve uma pesquisa contínua, por meio de referências teóricas e vivências de campo, sobre a construção de uma corporeidade contemporânea criada a partir de matrizes das danças tradicionais brasileiras. Com a sua companhia ganhou os prêmios ProAC de pesquisa e investigação em dança e Klauss Vianna para montagem de espetáculo. 

 

Além de participar dos espetáculos “Passo” e do premiado “Naturalmente - Teoria e Jogo de uma Dança Brasileira”, de Antonio Nóbrega, Marina participou como coreógrafa e dançarina no longa metragem “Brincante, O Filme” dirigido por Walter Carvalho. 

 

Em conjunto com a dança, seu prazer pela escrita a leva a produzir estudos e artigos sobre sua pesquisa. Tem seu artigo “O Ato de Inventar-se” publicado no livro Tubo de Ensaio do projeto homônimo no estado de Santa Catarina. Assim como participa do DVD lançado junto ao livro Festas e Danças Brasileiras no estado de São Paulo.

 

Em 2017 estreou seu primeiro solo chamado “A Cabra” realizado em uma coprodução Brasil-Italia (uma parceiria entre Casa do Movimento, Teatro C´art e Teatro del Respiro) e dirigido por André Casca. Com ele ja se apresentou no Brasil, Italia, Eslovênia, Inglaterra e Portugal.

 

Desde 2016, além do trabalho com a sua própria companhia, vive entre Brasil e Europa e atua em diferentes projetos: é colaboradora do Teatro C´art (Italia) e do festival Summer Intensive Contemporary Dance Festival (Portugal); dançou na produção “Raízes” da companhia Untamed (Belgica); e estreou na Eslovênia sua nova produção "400Rabbits", uma parceria com o dançarino Beno Novak (Eslovenia). No Brasil estréia "Mulher Diaba e Dr. AmorEstranho", um dueto com o dançarino Diogo Granato.

© 2023 by PlayPlay. Proudly created with Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now